O espaço expositivo

Todas as vezes que encaramos o espaço onde iremos expor, pensamos sobre o que ele significa ainda vazio. São, em geral, lugares grandes e ampliados em branco.

Há um estatuto nesse vazio que nos faz falar baixo, respeitar as paredes e qualquer objeto que lá esteja. Por vezes, nos vemos, com cuidados, contornando um pano de chão ou contemplando um andaime.

Uma espécie de vontade emana desse espaço branco, exercendo um papel muito forte ao sentido de nossa obra, que se refaz ali,  já bem longe do que fora planejado na Cia, quando ainda imaginávamos ter controle sobre a nossa criação.

Os sentidos agora, se constituem na cisão do que queremos representar, somado ao que é o efeito desse branco vazio – ainda bobos sobre o que pertence à Cia de Foto – a nossa obra será de fato, uma peça constituída no espaço expositivo.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>